“BOMBA” NA EDUCAÇÃO MUNICIPAL

O Programa Pró-Jovem Urbano sustentado pelo governo federal através da Prefeitura Municipal de São Luís está em sua pior fase. Os professores não recebem seus salários há cinco meses. O secretario anterior, cobrado pelos prejudicados informara que a empresa terceirizada contratada (dizem sem licitação), teria recebido e sumido com R$ 2 milhões de reais. A empresa, sediada no bairro do São Francisco, por sua vez, teria afirmado, pela pessoa do seu proprietário, que esse assunto (atraso no pagamento) seria de responsabilidade da Secretaria de Educação. 

Agora a superintendente do programa recebeu uma comissão de professores para discutir o problema. Resultado: os membros da comissão permanecem no cargo, mas, 30 dos 60 professores foram demitidos e até agora não receberam os salários atrasados. Com cheiro de mutretagem o fato estourou nas mãos do atual secretário Moacyr Feitosa. Conhecido pela retidão de comportamento e atitude, o secretário teria cobrado explicações da coordenadora do programa, depois de ter recebido um manifesto por parte dos professores prejudicados colocando-o a par do episódio.

Por outro lado, a bolsa de R$ 100,00 (cem reais) que deveria ser paga mensalmente aos alunos, também, não foi honrado pela Secretaria de Educação do Município o que ocasionou, segundo informações chegadas à coluna, uma grande evasão. Isso seria a justificativa apresentada pela coordenadora para reduzir, pela metade, o número de professores. Os critérios adotados para as demissões não levaram em conta os classificados nos primeiros lugares no seletivo promovido em 2015, pela prefeitura. Pelo contrario, estes foram os demitidos. 

A “bomba” que caiu no colo do professor Moacyr Feitosa, com certeza, está tirando o seu sono principalmente porque se “sumiram” com o dinheiro destinado, pelo governo federal para pagar os professores, o caso ficaria mais difícil de resolver. O ex-titular da pasta, o empresário que assumiu a responsabilidade de administrar o programa a coordenadora – que continua no cargo – deverão ser convocados e explicar o que efetivamente aconteceu. É o que exigem os prejudicados. 

“NÃO SEI DE NADA”

O ex-presidente Lula, em que pese às denúncias que caem sobre ele, quanto ao recebimento de vantagens financeiras da corrupção da Petrobrás, continua afirmando “não saber nada disso” e culpa a seletividade promovida pelos investigadores da Polícia Federal e do Ministério Público, na apuração desses fatos. Com o mesmo discurso a presidente Dilma Rousseff se defende das acusações, a mais recente de autoria do senador Delcídio do Amaral no “ensaio” da delação premiada, através da qual pretende se beneficiar. 

A repercussão do “caso Lula” no Brasil e em vários países da Europa, América do Sul e América do Norte foi muito grande e o governo Dilma, agora mais do que nunca, balança e poderá cair de vez. O que era previsível agora é real: Dilma e Lula sabiam de tudo o que ocorria na Petrobrás, há muito tempo. A oposição canta de galo e os governistas tentam desmistificar os fatos.

LULA MAGOADO

Sem esconder as “mágoas que carrega no peito,” o ex-presidente Lula da Silva tenta convencer os brasileiros que nunca se beneficiou, antes, durante e depois de ocupar o cargo de presidente da República. Militantes do PT apaixonados ainda brigam, inclusive fisicamente, contra aqueles que admitem a culpa de Lula. Mas a mágoa maior do ex-mandatário da Nação consiste no fato de ter sido levado em veículo da Polícia Federal, para prestar seu depoimento. Ninguém tem o direito de culpá-lo, mas que ele tem o dever de se explicar, não há dúvidas. Nenhum ser humano, por mais importante que seja está acima da Lei. 

RESERVADO

Ultimamente o líder do governo Guimarães (PT-CE), está mais reservado e deu ao afoito e destemido Silvio Costa a missão de agredir deputados da oposição e defender Dilma e Lula. E ele a cumpre com muita determinação, embora sem qualidade nenhuma como orador. Mas ele vai levando...

REAPROXIMAÇÃO

A presidente Dilma Rousseff que andou esnobando o PT e o próprio Lula agora apela para a união de forças, valorizando ambos. Ela, claramente condenou as ações da Operação da PF que levou Lula a depor naquela instituição e pediu o apoio dos petistas para enfrentar esse momento de grande dificuldade. Cobrou a solidariedade dos aliados e o senador Renan Calheiros, presidente do Senado foi um dos primeiros a se manifestar nesse sentido. O senador Humberto Costa, líder do governo no Senado, também condenou ao que chamou de “tentativa de golpe.” 

QUEM VAI CAIR

Está na vitrine e deverá ser afastado da Presidência Federal pela Comissão de Ética ou por decisão do Supremo Tribunal Federal, o deputado peemedebista Eduardo Cunha. Junto com ele, o ex-petista Delcídio Amaral deverá, pela celeuma criada ao envolver Lula e Dilma nos escândalos da Petrobrás, encontrar o caminho de casa, em breve. Enquanto isso e apesar de tudo, Dilma vai se segurando no cargo para o qual foi eleita em 2014. Sim, não se sabe até quando... 

OGUM CUMPRIU...

O presidente da Câmara Municipal, vereador Astro de Ogum cumpriu a promessa de autorizar o Bradesco a conceder empréstimos consignados aos servidores estáveis e aposentados da Câmara. Já na quinta-feira passada o banco estava pronto para atender essa clientela. Porém nada foi concretizado porque falta o presidente designar o funcionário que vai “abonar” os pedidos de empréstimos, o que deverá ocorrer nesta segunda-feira (7). 





Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.