Ministra diz que 23 milhões de pessoas perderão o Bolsa Família

A ministra Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, afirma que 23 milhões de pessoas terão que sair do Bolsa Família caso o Congresso faça um corte de R$ 10 bilhões no orçamento do programa. Ele atende hoje 50 milhões de brasileiros.

A medida é defendida pelo deputado Ricardo Barros (PP-PR), relator do Orçamento de 2016 no Congresso.

"Outros 8 milhões entrariam de novo na pobreza extrema com o corte no valor dos benefícios", afirma Campello.

Segundo a ministra, ela está fazendo uma estimativa "até otimista" diante da magnitude do corte proposto pelo parlamentar. "Estou considerando as pessoas de renda mais alta do programa, e não os extremamente pobres. Ainda assim, são todas muito vulneráveis."

Ela também diz ser impossível adotar uma das medidas defendidas pelo parlamentar, de não preencher vagas do programa abertas com a saída de pessoas que começam a trabalhar.

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.