ESTRADAS INTRANSITÁVEIS

No dia 15 de março ultimo precisei me ausentar de São Luís. Por recomendação médica fazia-se necessário um pequeno repouso. Por dois domingos fui substituído pelo meu amigo, professor João Batista Azevedo que escreveu a coluna sem ferir a sua linha de independência e equilíbrio. Ao agradecer o ilustre amigo e conterrâneo quero dizer que não foi fácil chegar ao meu pequeno sítio no município de São João Batista, em virtude das péssimas condições das estradas que dão acesso à região.
A BR-135 representa um desrespeito aos que a usam como via de locomoção. Os buracos estão a desafiar motoristas em vários trechos. A sensação é a de que os impostos que pagamos entre os quais o famigerado IPVA fossem desviados e jamais aplicados na recuperação dessas rodovias, dado o estado deplorável em que se encontram.
Na semana passada, porém, tomamos conhecimento de um encontro entre o superintendente do DNIT e o governador do Estado quando ficou acertado o reinício das obras de duplicação da BR 135, no trecho compreendido entre Estiva / Bacabeira e os serviços de restauração dos trechos danificados. Gestão nesse sentido fizeram os deputados federais e senadores do Maranhão, denunciando o fato nas tribunas da Câmara Federal e do Senado.
Há, portanto, nesse sentido a indicação de que tudo será resolvido em breve, proporcionando aos condutores de veículos, mais tranqüilidade em suas viagens, nas estradas maranhenses. Mas não é só o caso da BR-135 o problema grave enfrentado pelos motoristas, no Maranhão. As MAs., igualmente clamam pela atenção do governador. A 014, por exemplo, que interliga os municípios da Baixada Maranhense e que já consumiu milhões e milhões de reais em governos passados, está praticamente intransitável e podemos dizer que entre São Vicente Férrer e São Bento exige do motorista muita coragem e paciência para continuar a viagem.  
No governo de Roseana Sarney (últimos dois anos) lembra-se de declarações do então secretário de Infra–estrutura, deputado Max Barros e do prefeito de Viana, Chico Gomes elogiando a qualidade do trabalho de restauração que se processava na MA-014, principalmente com relação “ao material de primeira qualidade ali aplicado”. Não agüentou dois períodos de chuvas e agora está em ruínas. Deslavada enganação.
A preocupação do Governo do Estado não pode se restringir aos problemas das rodovias federais, de responsabilidade do governo federal, mas, também e principalmente, com as estaduais que cabem ao Estado recuperá-las ou reconstruí-las, se for o caso. A minha viagem, pois, foi cansativa, mas, durante os 15 dias que passei por lá deu para recuperar as minhas energias.
A REVOLTA DO POVO
A paixão política, aliada aos interesses pessoais de cada facção, faz ferver o país. Agressões entre pessoas e grupos, nas redes sociais chegam a preocupar as autoridades. Aqueles que defendem a permanência da presidente Dilma Rousseff no cargo e os que defendem o impeachment repetem nas ruas o comportamento de parlamentares, no Congresso Nacional, onde já foram registradas agressões e trocas de tapas. As paixões, na verdade se dividem prol Dilma, prol Temer, todos pensando em recompensas de um ou de outro, pós “guerra”.
QUESTÃO JURÍDICA
A questão jurídica sobre a legalidade ou não do pedido de impeachment da presidente Dilma, divide opiniões de renomados advogados brasileiros. Este colunista prefere, sem entrar no mérito, ficar com os argumentos do autor de um dos pedidos, Realle Júnior, sem torcer em prol de Michel Temer por considerá-lo “farinha do mesmo saco petista”.
QUEM MANDA
No Maranhão já se discute a possibilidade de Roseana Sarney virar ministra, caso Michel Temer, consumado o afastamento da petista, assuma a Presidência da República. E logo vem a ameaça de, caso isso venha a acontecer Flávio Dino não terá mais o apoio necessário para terminar o seu governo com a aprovação da população que hoje é constatada através de pesquisas, porque não disporá mais de recursos federais. Pura bobagem. Conduzindo a administração com transparência e responsabilidade, qualquer governante sempre terá o apoio do povo, cansado de observar que vem sendo enganado, faz tempo...
A ROBALHEIRA
A roubalheira de dinheiro público no Brasil é antiga e já provocou prejuízos incalculáveis à população. O “petrolão” irmão gêmeo do “Mensalão” veio à tona por força da coragem do juiz Moro, com o indispensável apoio do Ministério Público Federal e da Polícia Federal. Antes dessas vergonhosas descobertas (que quanto mais mexe mais fede) vários outros fatos lamentáveis e nas mesmas proporções ocorrem, há muito tempo em vários estados e municípios brasileiros. O povo e o país são roubados, em pouco ou muito por inúmeros homens público com acesso fácil aos cofres públicos ou a quem detém as suas chaves e códigos. Os chamados gestores inescrupulosos. Bandidos mesmo.
ROSE NO PMB
A vereadora Rose Sales finalmente encontrou um partido – Partido da Mulher Brasileira – que vai lhe assegurar o direito de concorrer à Prefeitura de São Luís. Sem correr o risco de ser enganada, Rose Sales movimenta-se com muita disposição para construir uma chapa de candidatos a vereador, identificados com as causas populares, dos direitos humanos e das mulheres maranhenses, nem sempre reconhecidas por governantes locais.Vários nomes estão sendo avaliados para um deles posteriormente ser convidado para compor a chapa de Rose como vice.           

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.