O legado da Copa


Por João Batista Azevedo (Interino)


Sempre achei que o maior legado da copa a ficar para o país seria no campo político. O Brasil campeão esqueceríamos nossos problemas por alguns dias, afinal tudo seria festa e o carnaval fora de época seria nacional. O governo e seus seguidores teriam um bom mote para a campanha eleitoral. As pesquisas certamente às estas alturas dariam maior tranquilidade à presidenta Dilma. Entretanto após o vexame da seleção brasileira, os números já apontam redução na diferença entre Dilma e Aécio Neves, ainda que a candidata do PT mantenha ligeira vantagem à frente do candidato do PSDB. Uma coisa é certa haveremos de ter 2º turno para as eleições presidenciais.

Enquanto isso no Maranhão, o candidato a governador Edison Lobão Filho entrou na campanha foi com gosto de gás. Pretende encostar no candidato do PCdoB, Flávio Dino, que lidera todas às pesquisas de intenção de voto, e forçar o segundo turno, onde só lá é que a “onça vai beber água” e a “vaca não vai conhecer bezerro”. Neste Maranhão de “meu Deus” tudo pode acontecer.
 
Caça às bruxas...

Não se espantem. Daqui pra frente vale tudo. Aos inimigos do poder os rigores da lei; aos amigos, parceiros, companheiros, partidários, amilhados e simpatizantes do poder (ora estabelecido) os favores, as benesses da lei. Não ouse chamar a ninguém da esfera do poder de “feio”, pois você poderá responder a processo e parar em Pedrinhas. Velhos processos de desafetos poderão vir à tona, enquanto os processos dos “companheiros” permanecerão engavetados e trancados a sete chaves, até segunda ordem. É o Maranhão...

 Escolha certa

Tem sido bem elogiada por parte dos gestores das escolas públicas estaduais a escolha do Profº Danilo Furtado para dirigir a Secretaria de Estado da Educação. Danilo que já esteve à frente do órgão em outra ocasião é um técnico de vasta experiência. Mais elogiada ainda foi a volta da Professora Sonia Maciel, ex-gestora da URE/São Luís, aos quadros da SEDUC. A Profª Sonia que tem grande liderança em meio aos gestores e docentes da rede estadual é agora assessora direta do Secretário Danilo. Os gestores esperam que agora as demandas de suas escolas ganhem mais celeridade e tenham soluções imediatas. A educação agradece.
 
Enquanto isso...

A intransigência por parte do Prefeito Edivaldo Holanda faz estender-se por tempo indeterminado a greve dos professores da rede municipal de São Luís. Não bastasse a mal avaliação nas classes mais populares, moradoras dos bairros periféricos, cujas ruas estão intrafegáveis, o prefeito ainda queimou seu filme junto aos trabalhadores da educação, aos alunos e a muitos pais e mães de famílias. Entristece também saber que a Justiça em julgamento decretou a ilegalidade da greve dos professores, que trabalham em condições impróprias, em salas superlotadas e calorentas; que não têm seus direitos respeitados; que têm salários insignificantes e que querem apenas o que lhes é de direito.

O reajuste de apenas 3% oferecido pela prefeitura não é nem sequer igual ao índice que reajustou o valor per capta do aluno/ano pelo FUNDEB que foi de 13% para o ano de 2014, valor este que além das perdas salarias deve reajustar o salário de todos os professores das redes públicas financiados pelo Fundeb.
Como se vê, e a reboque de todo o país, os que julgam e intransigem esquecem que professores bem formados e bem remunerados são a força de uma nação que almeja desenvolvimento. Esquecem também que suas formações são hoje fruto de grandes e bons mestres. Esquecem que sem educação não há salvação.
Se os que julgam e os que negam o direito dos trabalhadores da educação trabalhassem um dia apenas no lugar dos professores, com a condição e o salário que lhes é pago hoje, certamente teriam outra sensibilidade.
 
Jornalista ameaçado

Em carta à Procuradora Geral de Justiça, DrªRegina Lúcia de Almeida Rocha, o jornalista Isanilson Dias, de São Bento, denuncia as ameaças sofridas à sua pessoa por parte de adversários políticos. Isanilson, que é atual Secretário de Comunicações da Prefeitura de São Bento, também representou junto ao CNJ e à Corregedoria de Justiça contra o Juiz da Comarca de São Bento, Dr. Sidney Cardoso Ramos que, segundo o jornalista, fora tendencioso num julgamento de processos contra o jornalista, movidos pelo ex-procurador municipal, o advogado José de Alencar Macedo Alves. (Do Blog: isanilsondias.blogspot.com).
 
Chico Gomes dá bom exemplo

O prefeito de Viana Chico Gomes deu mais que um bom exemplo, deu uma lição aos demais prefeitos do Maranhão. Consciente de que o salário dos professores municipais, desde 2006 garantido pelo FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento e de Valorização dos Profissionais da Educação Básica), precisam ser pagos em dia e reajustados conforme manda a Lei, autorizou o pagamento de todos os professores municipais, antecipou 50% do 13º salário e ainda concedeu parte do abono salarial, geralmente pago no fim do ano, da chamada sobra dos 60% do Fundeb. Como se vê, dinheiro não falta para pagamentos destes profissionais.

Chico Gomes tem afirmado em seus discursos que agora sim, depois de sanear o município, negociar todos os débitos, atualizar os salários de todos os servidores, chegou a hora de colher os frutos do planejamento e da sua determinação em transformar Viana, com respeito e a correta aplicação dos recursos públicos.
- “Avante Viana”!,Este é o nosso lema de agora em diante, com as nossas obras, nossas inaugurações e a nossa determinação de retomar os caminhos do progresso e do desenvolvimento em todas as áreas do nosso município”, comentou o gestor vianense.

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.