O governo e as primeiras insatisfações


JOÃO BATISTA AZEVEDO
INTERINO


O governador Flávio Dino caminha para fechar os primeiros seis meses de sua administração a frente do governo do Estado. Mas a sensação que passa é que o governo ainda não começou, isto é o que comentam alguns observadores de plantão. Ou estariam esse tempo todo desatando os nós deixados pela ex-governadora Roseana Sarney? Com exceção de algumas medidas que foram anunciadas, nos primeiros dias do governo, pouca coisa de concreto já se viu acontecer no governo que pretendeu ser o da “mudança”. Das três uma, ou se criou uma expectativa além do que é possível fazer, ou há um centralismo e um excesso de cautela nas decisões governamentais, ou ainda estar-se no que conhecemos “arrumando a casa”.

A classe política, sobretudo os prefeitos, está chiando mais que tampa de chaleira. Muitos estão na espera de que seus convênios sejam liberados e buscam incansavelmente uma audiência com secretários e a alta cúpula governamental. Mas nada! Alguém está emperrando a porta.

Diante disso, começam a surgir nas ruas, nos ônibus, nos programas de rádios as reclamações de pessoas que buscam os serviços do governo e estão encontrando dificuldades. Além disso, a população também começou a reclamar da quebra do atendimento nas unidades de saúde, da crescente falta de segurança, da infraestrutura das estradas estaduais, entre outros focos de reclamação. É bem verdade que o estado ficou destroçado, endividado, e com os cofres vazios. Mas, convenhamos, já é tempo de os secretários estaduais se desamarrarem e mostrarem por que foram indicados. Também acreditamos já ser a hora de o governador Flávio Dino começar a pensar a política junto aos gestores municipais, afinal, o govenador agora é de todos os maranhenses, e nos municípios, estão aqueles que esperam os dias melhores prometidos na última campanha.

O povo no Facebook

Se depender dos usuários do facebook, o atual prefeito de São Luis, Edivaldo Holanda Júnior está realmente em maus lençóis. O negócio é o seguinte. Vi um dia desses no “face” alguém que postou uma imagem do prefeito, que dizia querer contar com os votos dos ludovicense. Foi o bastante para que a maioria esmagadora dos que receberam aquela postagem “defenestrassem” o Edivaldo. Além de muitos impropérios, isto e aquilo outro, o prefeito fora condenado pela péssima escolha de alguns dos seus secretários que até agora nada fizeram em suas pastas. A educação e a saúde, ao lado da infraestrutura da cidade, são os principais gargalos da administração, segundo os internautas. Escolas em péssimas condições, mal gestadas em sua maioria, contribuem para a baixa aceitação do atual prefeito para um segundo mandato. Além disso, dos muitos bairros, vieram as respostas negativas por conta da ausência do poder público. Ainda que isto tenha sido conveniências pessoais, mas deve ser levado em consideração, e convém ser avaliado pelos assessores políticos do prefeito, com serenidade e isenção, sem medianismo.

Ações do Fórum da Baixada

Continuam acontecendo em muitas frentes as ações do Fórum em defesa da Baixada Maranhense. Na última quarta-feira, membros do Fórum estiveram na Capitania dos Portos em audiência que tratou a falta de segurança com que navegam as muitas embarcações nos rios, lagos e campos das várias regiões do estado, em especial da baixada. Já na quinta-feira, foi a vez de audiência na SEDES (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social), comandada pelo deputado estadual Neto Evangelista. Lá, os membros do Fórum, buscaram informações acerca de projetos que beneficiam a região da baixada. Já ontem, sábado, aconteceu a segunda etapa do seminário de constituição do planejamento estratégico, que definiu os rumos da entidade, além de definir as várias câmaras temáticas, foco de atuação dos muitos abnegados forenses.

Aniversário de São João Batista I

Acontece hoje, 14 de junho, as comemorações alusivas ao 57º aniversário de emancipação política do município de São João Batista. Emancipado em 14 de junho de 1958, pela segunda vez, depois de uma peleja política, travada pelos chefes políticos da época, São João Batista é uma cidade da Baixada Maranhense. Seu território é constituído em sua maioria de campos e terras altas. Tem em muitas de suas características a hospitalidade de seu povo. É berço de inúmeras figuras expoentes da política, da cultura popular, da magistratura, da docência, da imprensa, e de muitas outras áreas.

Aniversário de São João Batista II

Atualmente sob a gestão do Prefeito Amarildo Pinheiro, São João Batista desponta como uma cidade progressista. Para comemorar a passagem do aniversário da cidade, o Prefeito inaugurou ao longo desta semana várias obras e reformas de prédios públicos. As festividades também contaram com shows que atenderam ao público evangélico (show gospel) e aos simpatizantes dos ritmos do forró.

Após um começo de dificuldades, o Prefeito Amarildo vem em franca recuperação à frente da administração municipal, com equilíbrio das contas públicas, mantendo o pagamento em dias de funcionários e fornecedores. Ressalta-se que para este ajuste foi primordial a compreensão da classe política correligionária. Para este ano ainda são esperados o aporte de recursos federais que vão incrementar os rumos da administração. A nós joaninos, liderados pelo Dr. Amarildo Pinheiro, manifestamos a felicidade e a esperança de dias melhores, com paz e progresso. Parabéns São João Batista, nossa terra!

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.