Nova eleição em São Luís é surpresa?

A maioria dos institutos de pesquisas mostrava a possibilidade do prefeito Edvaldo Holanda ser reeleito no primeiro turno. A segunda hipótese era a de que em caso de segundo turno a oposição seria representada pelo deputado Wellington do Curso. 
E o que aconteceu? 
A eleição não foi decidida no primeiro turno e o concorrente do prefeito será o deputado Eduardo Braide (PMN). Não há surpresa, nenhuma. Eleição é e sempre será eleição! 


E agora teremos sim, uma segunda eleição, com tempo de propaganda igual para os candidatos no rádio e na televisão e o segundo debate entre só eles dois. O mais preparado – e a maioria acha que Braide foi mais competente na abordagem dos problemas da cidade – levará vantagem sobre os indecisos. O que nos leva a dizer que nada está definido até agora. É verdade que nas redes sociais o prefeito leva vantagem por usar um maior número de “simpatizantes”, mas isso não significa afirmar que esses “adeptos” são capazes de formar opinião favorável a ele.

O candidato Braide, para muita gente mesmo parece mais equilibrado e menos ansioso. Mostra mais tranqüilidade, mais confiança e mais esperança e nenhuma ganância de poder. A campanha para ser competitiva, não precisa ser agressiva. Há quem goste dos debates mais ásperos, é verdade, mas o calor da disputa não pode jamais introduzir no conteúdo as agressões e os insultos. Isso não leva um candidato a vencer uma batalha. É preciso muita calma nessa hora!...

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.