INELEGIBILIDADE DE FLÁVIO DINO


A juíza Anelise Reginato, de Coroatá sentenciou a inelegibilidade do governador Flávio Dino (PCdoB) em decisão prolatada em processo que tramita desde 2016, naquela Comarca, sob a alegação da prática de crime eleitoral. Blogueiros e aliados de Dino, imediatamente partiram para o ataque, através das redes sociais contra a magistrada o que motivou à Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA) a emitir nota pública de solidariedade à juíza ao mesmo tempo em que promete providências no sentido de apurar e identificar os autores das agressões consideradas pela entidade como desrespeitosas.
Na verdade, a decisão é legítima e os argumentos são pertinentes cabendo, no entanto recursos às instâncias superiores, pela parte ofendida, no caso o governador. Atentar contra a liberdade de uma juíza exercer a sua função nos parece se contrapuser aos princípios democráticos que norteiam o exercício dos membros do Poder Judiciário e dos demais poderes.
Não significa que a decisão da juíza Analise deve ser ou não acatada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TER) e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aos quais, cabe ao governador e demais agentes envolvidos encaminharem recursos. Conversei com vários advogados e obtive informações sobre o processo que condena o governador maranhense e seus aliados por cometerem crime eleitoral. “Qualquer juiz tem o dever de se posicionar em qualquer processo e cabe ao julgado todo direito de recorrer, de acordo com os ditames da Constituição Federal”.
Alega-se que os interesses do grupo político liderado pela candidata adversária, ex-governadora Roseana Sarney, foram atendidos nesse episódio, e, evidentemente, atrapalha o processo de campanha de Dino, mas, como já foi dito, não se trata de um caso acabado, pois, ainda tem muita água para rolar pelos riachos poluídos da política maranhense. Há muito tempo a coluna vem alertando que o grupo Sarney pensa e trabalha 24 horas por dia, na busca de fatos ou factóides para infernizar a vida de adversários. O governador Flávio Dino deve está sempre atento a essa realidade. Se não...

O DEBATE DOS PRESIDENCIÁVEIS
O debate promovido pela Band, na última quinta-feira (10), não atendeu completamente as expectativas do eleitorado brasileiro que esperava um conjunto de propostas mais consistentes. O senador Álvaro Dias, considerado como bom candidato não foi objetivo, tropeçou no tempo e logo no início não concluiu o raciocínio. O capitão Bolsonaro e o cabo Daciolo, deputados federais, demonstraram despreparo para presidir o Brasil.
Henrique Meirelles (MDB), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) foram os mais questionados e se saíram com razoável conhecimento dos problemas enfrentados hoje no Brasil, como o desemprego, a corrupção, os privilégios e a deficiência de gestão.

MEDO OU CONVENIÊNCIA?
Cinco ex-prefeitos de São João Batista (Zequinha Soares, Amarildo Pinheiro, Júnior de Fabrício, Tonho Figueiredo e Surama Soares), todos envolvidos com a Justiça declararam apoio ao filho do desembargador e presidente do Tribunal de Justiça, José Joaquim Figueiredo dos Anjos, candidato a deputado estadual. A população comenta nos bastidores as mais diversas razões desse apoio, uma vez que os ex-prefeitos são adversários (entre si) na política local. Agora, juntos, rezam na mesma cartilha, por medo ou conveniência?

COM FLÁVIO
A maioria (para não arriscar na totalidade) desses ex-prefeitos, por décadas fora a régua e o compasso de Roseana Sarney no município. Hoje apóiam à reeleição de Flávio Dino. “Viraram comunistas de uma horta para outra”...

FRACA RECEPTIVIDADE
Informações que chegam à coluna dão conta de que a ex-governadora Roseana Sarney, não está satisfeita com a fraca receptividade constatada no interior do Estado. No momento a emedebista visita a região sudeste, onde tenta reconquistar a simpatia e o apoio do eleitorado, principalmente de Imperatriz, segunda maior cidade do Maranhão.

EXPECTATIVA
Esta sendo aguardado, com grande expectativa, o resultado da próxima rodada de pesquisas para governador e senador maranhenses. Observadores acreditam que, depois de homologadas em convenções as candidaturas de Roberto Rocha (PSDB), Roseana Sarney (MDB), Maura Jorge (PSL), Odivio Neto (PSOL), Zapata (PSTU) e Flávio Dino (PCdoB), haverá mudança na preferência do eleitorado que nas consultas anteriores gravitavam entre os nomes de Roseana e Flávio. Agora, apresentadas as outras opções, o número de indecisos deve diminuir e mudar o mapa mostrado até hoje que dava ao governador Flávio Dino expressiva maioria.

SEGUNDO TURNO
Contrariando a previsão de vitória, no primeiro turno de Flávio Dino, há quem já acredite que a eleição para governador vai para decisão no segundo turno. O percentual de Flávio Dino nas últimas pesquisas girava em torno de 60%.

DEBATE
A Band vai promover debate entre os candidatos a governador nos estados. Até agora, pelo menos no Maranhão ainda não foi informado pela emissora quantos e quais os candidatos que deverão participar desse encontro para discussão de idéias e apresentação de propostas dos postulantes. Pode-se adiantar que todos com direito de participação devem está presentes.

DIA DOS PAIS
Comemora-se hoje o Dia dos Pais e a coluna registra o nosso desejo de que todos tenham um dia feliz, com muita paz, realizações e muita saúde. Em especial, um forte abraço aos que integram a “Turma do Bem” ou “confraria do copo” que se reúne nos finais de semana na Churrascaria Noventa, do amigo Roberto, no posto de gasolina (Curva dos Noventa).    

    

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.