Sarney não vai concorrer às eleições ao Senado, diz jornal

Nota distribuída à imprensa informa que Sarney decidiu parar “com esse ritmo de vida pública” que o afastou do “convívio familiar”
 
Martina Cavalcanti - Exame

São Paulo - O senador José Sarney anunciou nesta segunda-feira que não vai concorrer àseleições neste ano, segundo reportagem do site de “Estado de S.Paulo”. O político deixa a vida pública após 60 anos.

Nota distribuída à imprensa informa que Sarney decidiu parar “com esse ritmo de vida pública” que o afastou do “convívio familiar”.

Sua esposa, dona Marly, passou por algumas cirurgias e está em processo de recuperação domiciliar, o que pesou na decisão, segundo o texto.

O político disse ter comunicado a opção por não concorrer em 2014 na semana passada ao seu partido, o PMDB.

A decisão de tornar pública a notícia aconteceu após episódio ocorrido nesta segunda-feira no Macapá. Em evento de entrega de casas do programa Minha Casa, Minha Vida, ao lado da presidente Dilma Rousseff, Sarney foi vaiado cinco vezes.

Ele é pivô de uma crise entre o diretório estadual do PT no Amapá e a direção nacional do partido.

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.