EDVALDO DECRETA CONTENÇÃO DE DESPESAS, MAS NÃO EXCLUI PUBLICIDADE

Servidores pagam a conta: alegando a crise que assola o país, o prefeito Edvaldo Holanda Junior, através de decreto, determina aos órgãos da administração municipal, uma rígida contenção de despesas, no intuito, segundo ele, de economizar este ano R$ 100 milhões. O funcionalismo que já não tem seu salário reajustado há vários anos termina sendo o mais prejudicado. Demonstra, por outro lado, que esse dinheiro vinha sendo gasto desnecessariamente com alugueis de imóveis, de veículos, entre outras coisas e tais... Ele só não se refere aos milhões gastos nos anos anteriores com a propaganda oficial que mostrava uma cidade irreal, como dizia o seu opositor Eduardo Braide. E essa gastança deve continuar em 2017, porque “a propaganda é a arma do negócio”.

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.