Trabalho à vista: DOMINICI DETECTA IRREGULARIDADES NA PREFEITURA DE SÃO JOÃO BATISTA

O prefeito de São João Batista, João Dominici foi empossado no cargo, dia 1° juntamente com a vice-prefeita Mayara Pinheiro, pelo presidente da Câmara Municipal, Assis Araujo, eleito para cargo por nove votos a dois. A Missa em Ação de Graças foi celebrada pelo padre Almir Figueiredo. Toda a solenidade aconteceu no ginásio municipal, sob a aclamação de grande número de pessoas. 

Os discursos foram de agradecimento e de reafirmação de que, apesar da situação financeira precária e do caos administrativos a que foi submetido o município pelas últimas gestões, fazer tudo que estiver “ao meu alcance para transformar São João Batista numa cidade mais humana, na expectativa de fomentar progresso e bem estar do povo” – garante Dominici.

O prefeito, durante a semana demonstrou-se alarmado com a realidade do município. As poucas informações obtidas da gestão passada mostram a incompetência e a desonestidade com que foram tratados os recursos públicos municipais. 

O ex-prefeito Eduardo Dominici, principal articulador político do grupo que apoiou e ajudou João Dominici a vencer a eleição, disse da sua disposição de colaborar para que os projetos que constam do plano de governo sejam executados, com responsabilidade. Todo o trabalho será observado e fiscalizado de perto pela administração, a fim de que tudo seja feito dentro de mais absoluta transparência as irregularidades encontradas serão denunciadas às autoridades competentes. 

CAOS NA ADMINISTRAÇÃO
No primeiro dia útil da nova gestão, o prefeito João Dominici tomou providências visando à reabertura do hospital municipal que se encontrava fechado desde o dia 29 de dezembro último, porque a prefeitura não teria pagado os salários dos profissionais do setor.

A cidade de São João Batista estava um lixo só, ruas esburacadas, hospital fechado, veículos jogados no pátio sem pneus e alguns sem o motor. O município completamente parado. O prefeito João Dominici está examinando as contas bancárias da Prefeitura e já teria, nesta semana, detectado inúmeras irregularidades: saques de grandes quantias sem a necessária comprovação de despesas. Segundo informações do gabinete do prefeito tudo está sendo apurado para posterior divulgação dos resultados. 

COLABORAÇÃO DA CÂMARA
O presidente da Câmara, Assis Araujo e outros vereadores que compõem o grupo, garantiram apoio às iniciativas do novo prefeito, todas de interesse da sociedade joanina, de acordo com a explanação feita por Dominici e apoiada pelos presentes. “Não faltará apoio da Câmara a essas iniciativas” – disse o presidente.

APELA TEMA
É justificável a preocupação do prefeito de Tutum, Cleomar Tema que está solicitando anistia aos municípios inadimplentes com o governo federal, destacando a situação de falência em que se encontra a maioria deles. É necessário entender, porém, que nesses municípios, os gestores não souberam ou não quiseram conduzir com responsabilidade e honestidade os recursos públicos. A situação precária das prefeituras precisa ser vista e a solução dos problemas deve ser encontrada, mas a punição de quem “meteu a mão no jarro” sem dó e sem piedade, causando prejuízos à população, tem de pagar pelo crime cometido. A impunidade, nesses casos, estimula a continuidade do malfeito.

AÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO
O procurador geral de justiça, Luís Gonzaga Martins Coelho quer que os prefeitos usem a verba da repatriação, sem que observem o disposto no art. 42 da Lei 4.320/ 64 baixando decretos e leis estabelecendo as despesas referentes a esses recursos, na Lei Orçamentária. A primeira parcela recebida pelos prefeitos anteriores, em muitos casos foi gasta de forma aleatória sem que estivesse na previsão de despesas, nos orçamentos municipais de 2016. Como prestar contas? Eis a questão! O que precisa ser observado, também, é a facilidade com que prefeitos façam saques vultosos em agências do interior, ao apagar das luzes do ano financeiro. Geralmente falta dinheiro nas agências do interior, mas, para os prefeitos, não! 

Considerando a disposição dos promotores, espera-se atuação mais efetiva na fiscalização e recomendações aos municípios, no que tange a transparência administrativa que não foi cobrada aos ex-prefeitos que em muitos casos era notória a falta de respeito ao povo, no trata dos assuntos de interesse coletivo. 

AGORA VAI?
Tudo indica que a duplicação da BR-135 será concluída e o segundo trecho Outeiro /Miranda do Norte terá sua construção iniciada ainda este ano. Além disso, a Ponte da Estiva que, conforme denunciamos neste espaço no último domingo apresentam avarias na sua estrutura, será recuperada. O ministro dos Transportes esteve aqui e prometeu liberação de recursos para várias obras no Maranhão. O governo Flávio Dino / Carlos Brandão tem recebido mais apoio de Temer do que recebeu de Dilma. Isso é fato. 

SANTA INÊS
A cidade de Santa Inês esteve cercada de lixo e buracos por todos os lados. O setor de saúde pública, também, estava abandonado. Bringel assumiu no dia 1° de janeiro e logo no dia 02 mandou recolher o lixo transformando a “fera” em “bela”. A saúde pública, segundo informações dirigidas à coluna está merecendo atenção especial da nova administração. Aliás, é oportuno dizer que grande número de prefeitos recebeu dos seus antecessores, prefeituras e seu patrimônio, completamente sucateadas.

Nenhum comentário

Por favor, peço que não usem palavras chulas ou que denigram pessoas em seu(s) comentário(s). Agradeço sua compreensão.